IMG_9648.JPG

Ares litorâneos chegam à Casa Europa; e pela alameda principal…

  
Restaurante implanta bar de crudi e traz mais informalidade ao ambiente da casa

Ao completar dois anos de vida, a Casa Europa ganha ares litorâneos e, com eles, um pouco mais de informalidade. O cardápio, antes centrado em combinações de ragus e massas, recebe as contribuições de um bar de crudi, operado à frente dos clientes no balcão, antes usado apenas para soltar a produção do forno à lenha. Deste, aliás, também saem itens novos, piccoli piatti propícios para se compartilhar. Crus como o de Robalo, azeite, limão siciliano, dedo-de-moça e sal marinho (R$ 21) ou o Batuto de carne cruda, versão da casa do clássico steak tartar (R$ 29), e assados como Lulinhas na lenha com panceta, azeite e limão siciliano (R$ 29) poderão ser degustados ali mesmo no balcão, agora guarnecido de banquetas. Entre outras delícias do cardápio novo estão o Crudo de salmão temperado com azeite, vinagrete de laranja e sal marinho (R$ 21), os Cogumelos salteados com alecrim e azeite de alho (R$ 34) e os Lagostins na manteiga de limão siciliano e manjericão (R$ 28), os últimos feitos no forno à lenha.

Outra mudança de ambiente refere-se à área externa voltada para a Alameda Gabriel Monteiro da Silva. Mais entrosada com a rua graças a uma poda na vegetação, a face antes lateral da Casa Europa passa a ser sua entrada principal. Nesse terraço de esquina, a clientela poderá saborear Ostras frescas diariamente (R$ 34, 6 unid.), acompanhadas de coquetéis refrescantes como a clericot ou por um dos cerca de 90 rótulos da carta de vinhos da casa, agora mais enxuta e com bem mais opções abaixo dos R$ 100.

 Para o restaurateur Ipe Moraes, sócio também da Adega Santiago e da Taberna 474, as mudanças atendem a dois desejos. O primeiro, de trazer ares mais solares ao menu, ainda que os ragus continuem tendo importância. O segundo, aproveitar melhor o potencial do ambiente desenhado pelo arquiteto Carlos Motta. “O eixo central da casa passa a ser o bar crudo e o forno à lenha. A ideia é que os clientes passeiem mais tanto pelo menu quanto pelo ambiente, que tenham uma experiência mais informal e próxima com o restaurante”, diz.

Em janeiro será a vez do mercadinho apresentar suas novidades. Entre elas, está previsto o funcionamento independente ao do restaurante e uma operação de café da manhã aos finais de semana.

Sobre

Atenção e cuidado máximo aos ingredientes e matérias primas que entram na cozinha são regra básica no Casa Europa. Tudo o que é oferecido na casa é escolhido a partir de um criterioso processo de seleção de fornecedores, valorizando-se sempre o artesanal e o pequeno produtor. Esses itens abastecem o restaurante de inspiração italiana e também um mercado, instalado na entrada da casa. No cardápio, itens clássicos como antepastos artesanais, molhos – bolognesas e ragus – caseiros e massas frescas de fabricação própria dividem espaço com as criações para compartilhar feitas no despojado balcão ao centro do salão, de onde saem pratos elaborados no forno à lenha ou em um bar de crudos. Para harmonizar, mais de 120 rótulos de vinhos estão disponíveis para consumo no restaurante ou também para compra. Tudo isso em uma esquina com o ambiente despretensioso e aconchegante.

Serviço:

Casa Europa – www.casaeuropa.com.br

http://www.facebook.com/casa.europa.sp
 @casaeuropa

Al. Gabriel Monteiro da Silva, 726 Jd. América, Telefone: 11 3063-5577

Horários de funcionamento: Segunda-feira: 12h às 15h / 19h às 23h; Terça a Quinta – 12h às 15h / 19h à 0h; Sexta e Sábado – 12h à 0h30; Domingos e Feriados – 12h às 23h

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *