img_4001-1

Red Stripe: direto da Jamaica para o Brasil

Berço da cultura rastafari e do reggae, a Jamaica exporta também a cerveja Red Stripe, considerada por alguns como uma das melhores lagers do mundo, que agora chega oficialmente em terras tupiniquins. 

Primeira cerveja jamaicana da história, a Red Stripe está presente em mais de 24 países e agora passa a fazer parte do lifestyle brasileiro. Com fortes raízes na cultura da Jamaica, como a música e o futebol, a cerveja de fermentação lager é importada e distribuída no Brasil pela Casa Flora.

Produzida pela primeira vez em 1928 pela Desnoes & Geddes na fermentação ale, a cerveja passou a ser lager em 1934 depois que Paul Geddes, filho de um dos fundadores da cervejaria (Thomas Geddes) e primeiro mestre cervejeiro da Jamaica, desenvolveu sua receita especial utilizada até hoje. Feita com malte pilsen, lúpulo e água, de sabor levemente caramelado, a coloração da Red Stripe é clara, com final suave e leve amargor em 4,7% de álcool, combinação que já garantiu inúmeras medalhas de ouro em concursos internacionais pela qualidade e sabor extremamente equilibrado.

Calcada em um DNA que celebra a positividade, a marca acredita que as pessoas se preocupam demais e acabam aproveitando pouco a vida. Red Stripe transforma os momentos simples em inesquecíveis – e vai dos millenials, passando pelos amantes da música original da Jamaica e também pelos aficionados por design; a icônica garrafa stubby, único modelo da marca presente no Brasil, virou febre desde a década de 1960 e faz a alegria da turma cool.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *