img_0980

Novidades no cardápio do Galpão da Pizza marcam nova gestão

Pizzas de fermentação natural e opções vegetarianas e veganas são destaques da nova fase. 

Bastou um italiano entrar para a nova sociedade do Galpão da Pizza que novidades do país da bota já começam a surgir no cardápio da pizzaria. Estão disponíveis para os clientes quatro novas entradas, duas saladas, 16 pizzas individuais de fermentação natural – que incluem opções veganas e vegetarianas – e duas sobremesas, além do cardápio tradicional da casa, que foi mantido para atender os clientes antigos, apaixonados pela “vera” pizza paulistana, que clamam pela famosa massa fininha servida no local.
Para a renovação da oferta e introdução de um novo tipo de redonda no menu, o Galpão contratou o consultor Rodrigo Felício, chef do Capivara Bar, com passagens pelo D.O.M, Chou e Le Jazz que, além de desenvolver receitas exclusivas, também foi o responsável pelo treinamento da equipe. As novas pizzas levam massa feita à base de farinha 00 – seguindo as regras italianas -, e passam por um processo de fermentação de até 40 horas. As coberturas desenvolvidas por Felício são oito: das clássicas Margherita (R$ 35), Marinara (R$ 37), Pepperoni (R$ 37) e Parma com rúcula (R$ 37) a criações menos usuais, como a Allo Zola (R$ 44), com molho de tomate, gorgonzola, radicchio e alecrim; a Ai Funghi (R$ 39), com molho de tomate, cogumelos paris, alho e queijo pecorino; a Ai Formaggi (R$ 37), com molho de tomate, stracchino, san marcelin e sálvia; e na Java com abobrinha, que usa a linguiça de javali já famosa na casa, acrescida do vegetal, molho de tomate e parmesão. 
Felício também foi responsável pelo desenvolvimento das novas entradas, saladas e sobremesas. Para abrir os trabalhos, a burrata cremosa derrete na boca e vem acompanhada por pesto de manjericão, tomate cereja, rúcula e fatias de pão tostadas. Além dela, a tábua de frios (R$ 43), o carpaccio de filé mignon (R$ 37) e a ricota com abobrinha e tapenade de azeitonas (R$ 28) complementam a seção. As saladas ganham frescor com a nova Caprese (R$33), com tomate, muçarela de búfala, tapenade de azeitonas e pão; e a Allo Zola (R$ 37), seguindo os ingredientes da pizza, com radicchio, gorgonzola, pera e molho mostarda.

Para encerrar a refeição, os “dolces” animam ainda mais os fãs da gastronomia italiana com a presença do clássico tiramissú (R$ 20), que não poderia faltar entre as novas opções. O menu de sobremesas fica completo com as peras carameladas acompanhadas por gelato (R$ 22).  

Pizzas vegetarianas e veganas
Pensando no público que, em São Paulo, ainda encontra poucas opções de pratos em restaurantes que não sejam especializados, o Galpão usou a massa de fermentação natural desenvolvida por Felício e investiu, em paralelo, na criação de oito novas pizzas voltadas para vegetarianos e veganos, que variam de uma para outra pelo tipo de queijo usado. Para os vegetarianos, os queijos à base de leite de vaca foram mantidos, mas a pizzaria foi além de apenas disponibilizar as opções tradicionais do cardápio que não levam nenhum tipo de carne, ave, peixe ou seus derivados. Introduziu também proteínas à base de soja, como calabresa, calabresa apimentada (que faz à vez do pepperoni) e presunto, ingredientes que são destaques, por exemplo, das pizzas Portugana (R$ 45), com molho de tomate, presunto vegano, muçarela, ovo, palmito e azeitonas; e da Pepperoni (R$ 35), com molho de tomate, calabresa apimentada vegana e muçarela.

As pizzas criadas para os veganos, que não comem nada de origem animal, o que inclui leite, ovos e mel, por exemplo, são feitas com os queijos veganos da marca NoMoo, produzidos à base de oleaginosas, como castanhas diversas. Eles estão presentes em receitas como a Ai Funghi (R$ 49), com molho de tomate, muçarela vegana, cogumelo paris e parmesão vegano; e a Rúcula com Tomate Seco (R$ 46), com molho de tomate, muçarela vegana, rúcula, tomate seco e parmesão vegano. 
Com a ideia de agradar todas as tribos, a pizza Carne de Jaca (R$ 40) promete ser sensação entre veganos e vegetarianos, que podem se divertir com a consistência e o sabor da fruta, que é usada ainda verde como cobertura da pizza salgada. Nessa invenção – que está em sintonia com a utilização da jaca por veganos e vegetarianos como uma espécie de substituta ao frango desfiado, por exemplo -, a carne da fruta vem sobre molho de tomate e alho-poró. 
Sob Nova Direção
Fundado em 1996, o Galpão da Pizza está localizado em uma charmosa e antiga casa no bairro da Pompeia. Há mais de 20 anos, produz pizzas artesanais de massa fina em forno à lenha que prezam pela qualidade dos ingredientes e diversidade de sabores: além das clássicas, se destacam no cardápio pizzas especiais e criações autorais, além das entradinhas já famosas na região, como as torradinhas e os pães recheados. Em 2016, a casa ganhou nova administração: Antonio Biselli e o italiano Marco Schwabacher firmaram sociedade com Evilázio Costa, mais conhecido como Negão, gerente da casa na antiga gestão. O novo momento tem sido marcado pelo lançamento das pizzas individuais de fermentação natural, bem como pizzas vegetarianas e veganas. Ainda para 2017, os novos sócios prevêem reforma no salão.

Serviço

Galpão da Pizza

Rua Dr. Augusto de Miranda, 1156 – Pompéia/SP

Tel. 3871-5556

Hor. de Func.: De segunda a quinta, das 19 à 0h; sexta e sábado, das 19 à 1h e domingo, das 19h à 0h.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *