Risoto Trufado

20130718-171319.jpg

As trufas frescas são caríssimas e difíceis de encontrar, então cada vez que viajo trago manteigas, azeites e sais trufados para finalizar meus pratos. Com certeza não é a mesma coisa, mas acho maravilhoso e aqui em casa já virou vício.

Neste risoto da foto usei também trufas em conserva para experimentar e se você quiser uma dica, nunca gaste seu dinheiro com elas. Não têm gosto de nada!

Como aprendi fazer risoto com franceses, nunca deixo de colocar creme de leite fresco.

Ingredientes para 8 pessoas:
2 xícaras de chá de arroz arbóreo
1/2 cebola picada
1 xícara de chá de vinho branco seco (eu uso Chalise)
6 xícaras de chá de caldo de legumes (2 cubos)
4 colheres de sopa de manteiga
4 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
1 xícara de chá (aproximadamente) de creme de leite fresco
Azeite trufado a gosto
Sal a gosto

Como Fazer:
Numa panela, coloque o caldo de galinha ou carne e leve ao fogo alto. Quando ferver, abaixe o fogo e reserve.
Em outra panela, coloque metade da manteiga e leve ao fogo baixo. Quando derreter, acrescente a cebola e misture até que fique transparente. Junte o arroz e misture por 2 minutos em fogo alto. Adicione o vinho e misture bem até evaporar.
Mantenha a panela com o caldo em fogo baixo. Na panela com o arroz, acrescente 1/3 do caldo e mexa até secar. Junte mais 1/3 do caldo e mexa sem parar até que seja absorvido. Adicione o restante, aos poucos, verificando a consistência do risoto. Ele deve ficar úmido e com o arroz al dente (eu não gosto tão al dente assim).
Quando atingir o ponto de risoto, adicione o creme de leite fresco e mexa bem. Desligue o fogo e acrescente o restante da manteiga. Misture o parmesão ralado e experimente para verificar se está bom de sal. Para finalizar, adicione o azeite trufado. Vá colocando aos poucos e experimentando. cuidado para não colocar demais e ficar enjoativo. Sirva bem quente.

20130718-171244.jpg

Estrogonofe de Filet Mignon

20130718-081609.jpg

Esse é o prato favorito de um dos meus melhores amigos e dos meus sobrinhos postiços, por isso, sempre tem aqui em casa.

Sei que a maioria das pessoas não usa água, mas eu gosto de colocar e fica muito bom!

Como faço tudo a olho, essas medidas são aproximadas.

Ingredientes:
3 colheres de sopa de manteiga
1 colheres de sopa de azeite de oliva
1 cebola picadinha
½ kg de filé mignon cortado em tiras
1 cubinho de caldo de carne dissolvidos em 2 xícaras de chá de água
½ xícara de chá de conhaque (quando não tenho, coloco whisky)
3 colheres de sopa de molho inglês
4 colheres de sopa de catchup
2 colheres de sopa de mostarda
1 caixinha de creme de leite
Sal a gosto e pimenta do reino a gosto
1 xícara de chá de champignon em conserva em lâminas ou cortado em quatro (eu adoro e por isso exagero nesse ingrediente)

Como fazer:
Derreta a manteiga com o azeite e frite a carne. Em seguida, junte a cebola e doure bem.
Acrescente o conhaque e se quiser, flambe a carne e deixe evaporar um pouquinho o álcool. Junte o champignon, o molho inglês, ketchup e mostarda e mexa bem. Coloque o caldo de carne dissolvido e deixe reduzir um pouco. Experimente o sal e pomenta do reino e veja se para seu gosto está bom de ketchup e mostarda. Eu gosto com bastante mostarda. Acrescente o creme de leite (eu também coloco a gosto) e assim que levantar fervura, desligue.
Sirva com arroz branco e batata palha.

20130718-081447.jpg

20130907-101220.jpg

img_2547

Kibe Cru


O Kibe Cru da D. Cecília é maravilhoso e por isso nem me dou o trabalho de fazer, rsrsrs. Pelo menos uma vez por mês ela me chama para almoçar um dos meus pratos favoritos. Se ela demora muito, eu mesma me convido, rsrsrs.

Assim como eu, a D. Cecília faz tudo a olho e estamos aqui tentando passar para vocês medidas aproximadas.

Ingredientes:

1 1/2 xícara de chá de trigo para kibe

1 kg de patinho moído duas vezes

1 colher de café de cominho

1 colher de café de pimenta síria (opcional)

Sal e pimenta do reino

Azeite

Hortelã

Cebola

Como fazer:

Lave bem o trigo e deixe de molho por 15 minutos.
Misture muito bem a carne, o trigo, o cominho, pimenta síria e o sal até que fique uma massa uniforme.
Sirva com cebolas picadas ou fatiadas, hortelã, pimenta do reino, sal, pimenta síria e azeite.

Ah! Cada um tempera seu próprio kibe depois de servido!

Obs: se você tiver um moedor em casa, passe pela máquina o trigo, a carne e cubos de gelo. Li em um livro que o gelo deixa a carne mais vermelhinha.

Nhoque de Batata

20130712-104241.jpg

Adoro Nhoque, mas nem sempre encontro uma receita que eu goste muito.
No dia 29, Dia do Nhoque da Fortuna, achei essa no Google e AMEI!!!

Conta a lenda que São Pantaleão, num certo dia 29 de dezembro, vestido de andarilho, perambulava por um vilarejo da Itália. Faminto, bateu a porta de uma casa e pediu comida. A família era grande e tinha pouca comida, mas apesar disso, eles não se importaram em dividir o seu nhoque com o andarilho, cabendo a cada um 7 massinhas. São Pantaleão comeu, agradeceu a acolhida e se foi. Quando foram recolher os pratos, descobriram que embaixo de cada um havia bastante dinheiro. Por isso, tradicionalmente, todo dia 29 é dia do nhoque da fortuna ou da sorte, acompanhado do famoso ritual de colocar dinheiro embaixo do prato, comer os primeiros sete pedacinhos em pé, fazer um pedido para cada um deles e depois, comer à vontade.

A simpatia é simples: coloca-se uma nota de qualquer valor sob o prato com nhoque. Pode ser dólar, real ou qualquer moeda estrangeira. Em seguida fique de pé e concentre-se para iniciar o ritual. No prato, separe sete nhoques e coma um a um. Para cada nhoque, faça um pedido diferente. Depois, sente-se e saboreie o restante do prato, de preferência com um bom vinho italiano. O dinheiro colocado sob o prato deve ficar guardado até o próximo dia 29, para garantir a fartura. Outros dizem que deve ser dado a alguém que necessite ou usado quando for feita nova simpatia.
Fonte: wikipedia

Ingredientes:
600g de batatas Asterix cozidas em água e sal e espremidas ainda quente
1 ovo
2 xícaras de chá de queijo paramesão ralado
Sal a gosto
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa de farinha de trigo
Farinha de trigo para polvilhar
2 litros de água
Fio de azeite e sal para água do cozimento

Como fazer:
Em uma tigela coloque as batatas espremidas, o ovo, o parmesão ralado, sal a gosto, a manteiga e misture bem. Adicione 1 colher de farinha de trigo e misture novamente formando uma massa homogênea.
Coloque a massa sobre uma superfície enfarinhada e vá amassando (polvilhando farinha de trigo) até formar uma massa homogênea. Fica uma massa mole.
Faça rolinhos compridos com pedaços da massa e corte os nhoques no tamanho de 1cm com uma faca enfarinhada na lâmina e vá colocando em uma forma enfarinhada.
Cozinhe os nhoques em água fervente com um fio de azeite e sal. Quando eles subirem retire-os com uma escumadeira e sirva com o molho de sua prefência.

20130927-232537.jpg